28 de jan de 2011

Onde você estava escondido, lobo do cerrado?


Onde você estava escondido, lobo do cerrado? Em que cerrado ou estepe ou savana ou tundra você hibernou? Inverno mais longo do que o desejado. Longamente eu o procurei, meu amigo eu. Quase desisti, depois de caminhar por trilhas de cascalhos escorregadios e em meio a árvores tortas como a natureza e o poeta mineiro. Mas eu sabia que não podia me deixar tombar sedento no deserto sem fazer conviver em paz o lobo e o cordeiro que pastoreia e mim. Sai deste sono inimigo do tempo, lobo, porque o sonho não é suficiente.Parte em direção à lua que conduz o seu uivo. E me leva junto.

Nenhum comentário: